Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

Solidariedade: Presidente da República destaca papel das misericórdias e instituições da Igreja

 

O presidente da República Portuguesa enalteceu hoje, em Murça, o trabalho desempenhado pelas Santas Casas das Misericórdias no país e pediu o aproveitamento de que está “no terreno” para dar resposta às carências sociais.

 

"Nós não precisamos de criar novas entidades para dar resposta às carências sociais que hoje se notam em Portugal, pelo contrário, devemos tirar partido daquelas instituições que estão no terreno, que já sabem como fazer", salientou Cavaco Silva, no início da sua visita ao distrito de Vila Real, junto à fronteira com Espanha.

 

O Chefe de Estado passou pela unidade de cuidados continuados da Santa Casa da Misericórdia de Murça para prestar a sua "homenagem" a estas instituições centenárias.

 

Em Portugal existem cerca de 400 misericórdias, que Cavaco Silva considera estarem a desempenhar “um papel notável no apoio aos mais vulneráveis da nossa sociedade".

 

"Este é um tempo de valorizar as instituições da igreja, as misericórdias, as instituições de solidariedade e agradecer-lhes o muito que podem fazer no presente", sublinhou.

 

O presidente da República disse que, desde o primeiro dia do seu mandato, que tem "erguido a voz" em defesa destas instituições de solidariedade social.

 

"Conheço a sua obra e há que tirar vantagem da proximidade, quanto mais fácil é rentabilizar os recursos públicos quando se conhecem os casos particulares de cada concelho ou aldeia", sustentou.

 

Fonte: Lusa/OC