Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

Cavaco Silva pede mais atenção à solidariedade social - Presidente da República destaca respostas dadas pelas IPSS

 

 

O presidente da República, Cavaco Silva, desafiou os poderes públicos e a sociedade civil a assumirem como prioridade a resolução das situações de emergência social face ao aumento do desemprego e de novos tipos de pobreza.

 

"É uma questão de dignidade humana, de permitir que cada português tenha o mínimo de dignidade nas condições de vida do seu dia-a-dia", afirmou, no encerramento da conferência «Portugal Solidário», organizada pela Fundação Manuel António da Mota e pela TSF-Rádio Jornal.

 

Cavaco Silva sublinhou os "tempos difíceis que correm, em que todos os dias as instituições de solidariedade social são confrontadas com solicitações em resultado do aumento substancial do número de desempregados no país, do aumento das situações de pobreza, de emergência dos novos pobres, de situações de carência alimentar e de reduções bruscas de rendimentos de algumas famílias, acompanhadas muitas vezes de excessos de endividamento".

 

O presidente da República lembrou as suas visitas às instituições de solidariedade social, nas quais diz ter detectado "boas práticas de inovação social, esforços que são desenvolvidos tendo em vista usar de forma mais eficiente os recursos que são sempre escassos”.

 

“Vale a pena hoje dar visibilidade a esta nova geração de políticas que procuram responder às novas necessidades sociais”, acrescentou.

 

Cavaco Silva elogiou "todos, técnicos e outro pessoal, que nas mais variadas organizações de solidariedade se dedicam aos outros, dando o melhor de si próprios" na ajuda aos desfavorecidos.

 

"Todos eles são credores da nossa homenagem, merecedores do nosso apreço no trabalho que fazem para diminuir a situação de emergência social", disse o presidente, que sublinhou ainda o papel dos "milhares de voluntários que se dedicam ao compromisso cívico e solidário".

 

Perante os representantes das entidades finalistas, Aníbal Cavaco Silva entregou o Prémio «Manuel António da Mota» à Associação Sócio-Terapêutica de Almeida, de Cabreira, Almeida, no distrito da Guarda, nas mãos da sua presidente, Maria José Fonseca.

 

Fonte: Redacção/Lusa