Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

Vem ginasticar!

Venha ginasticar, porque não? A Fisioterapia de manutenção é uma prática que busca a reabilitação dos utentes, como ainda a prevenção e a manutenção das funcionalidades destes. Através de técnicas como exercícios ativos e globais, esta pratica proporciona a melhoria da qualidade de vida, aproximando-o da superação das suas limitações consequentes do avanço da idade.

Esta intervenção promove o envelhecimento com qualidade, melhorias notáveis na capacidade de locomoção e equilíbrio, bem como a coordenação dessas funções, o aumento da força muscular e das funções da memória. Promove ainda a independência na realização de atividades diárias. Realizada pela nossa equipa de fisioterapeutas, é uma atividade igualmente dirigida aos utentes do serviço de apoio domiciliário, com o propósito de evitar o isolamento pessoal, promovendo a socialização, tirando partido de todos os benefícios acima indicados.

a1.jpg

a2.jpg

 

Dá-me musica que eu gosto!

A musicoterapia é uma das intervenções semanais realizadas com os nossos utentes. Esta prática promove o relacionamento interpessoal, aumenta a concentração, memória e raciocínio lógico, reduz a fadiga no dia a dia, aumenta as atividades psicomotoras, atua no desenvolvimento da inteligência espacial, melhorando as habilidades matemáticas, entre outros benefícios.


A música é uma grande ferramenta  para uma boa qualidade de vida na terceira idade, é um exercício cognitivo desafiador, fazendo com que o cérebro esteja mais apto e mais capaz de acomodar os desafios do envelhecimento ativo e saudável.

a1.jpg

a2.jpg

 

Importância da estimulação cognitiva no idoso

Devido ao aumento da esperança média de vida e, consequentemente o envelhecimento da população, é cada vez mais importante intervir no desenvolvimento cognitivo do idoso.
 
A "oficina da estimulação cognitiva" aplicada aos nossos utentes (institucionalizados) com diagnóstico demencial, proporciona-lhes um programa que auxilia e potencia as habilidades cognitivas. Neste espaço trabalhamos orientação, retenção, atenção, cálculo, evocação, linguagem, habilidade construtiva, memória, e motricidade fina, evidenciando a importância da plasticidade cerebral. É um treino diário que visa proporcionar um bem-estar físico, social e mental bem como a participação ativa na acordo com as necessidades, desejos e capacidades de cada utente.

a1.jpg

a2.jpg

a3.jpg

a4.jpg

a5.jpg

 

A importância da atividade fisica no idoso.

Ao longo do processo de envelhecimento o idoso começa a perder algumas das capacidades físicas, psíquicas e cognitivas, e para tal a nossa intervenção enquanto equipa multidisciplinar tende a ser ajustada e personalizada às necessidades de cada individuo. 
 
O exercício físico beneficia o idoso na manutenção do tónus muscular, na boa circulação sanguínea promovendo assim o envelhecimento ativo. Ao nível psicológico e emocional, esta prática desencadeia reações positivas na vida do idoso, influenciando o seu bem-estar psicológico (promove autonomia, fomenta relações interpessoais, reduz níveis de ansiedade e de depressão, entre outros). E que tal ao ar livre? fazer exercícios ao ar livre é uma ótima escolha. Os dias de sol, melhoram o estado de humor, aumentam os níveis de motivação e a socialização. Porque não juntar o util ao agradável?

a1.jpg

a2.jpg

a3.jpg