Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

Atividades de animação sociocultural na Domus

No dia 3 de Junho 2015, no âmbito das festas dos Santos Populares, um grupo de 6 idosos da Domus deslocou-­se ao Museu de Santo António, para conhecer melhor este santo padroeiro. Os participantes mostraram­se muito satisfeitos com esta visita onde puderam descobrir mais acerca da vida do Santo António e dos milagres que lhe estão atribuídos.

 

No dia 5 de Junho, realizámos um lanche em Santa Cruz, numa das belas praias que presenteiam a nossa Costa. Durante o lanche, aproveitámos para provar alguns petiscos de Verão como amêijoas e caracóis. Foi um passeio delicioso! 

 

Agora que o calor aperta, sabe bem arejar as ideias! E por isso, no dia 12 de Junho, fomos até Santa Cruz. O passeio contou com 5 idosos residentes na Domus que, pela manhã, pôde aproveitar a praia quase deserta e refrescar numa esplanada em frente ao mar. Belo passeio!

 

No dia 19 de Junho, e antecipando as comemorações do Dia Internacional do Yoga, reunimos 12 idosos que integram as residências da Domus para praticar esta modalidade. A aula foi dinamizada pela professora Júlia Rita que nos mostrou os benefícios do Yoga nesta faixa etária, especialmente ao nível das articulações. Foi uma aula muito interessante!.

a1.jpg

a2.jpg

a3.jpg

a4.jpg

a5.jpg

a6.jpg

a7.jpg

a8.jpg

a9.jpg

 

Sardinhada de S. João

No dia 25 de Junho 2015 (5ªfeira) teve lugar no Lar de Nossa Senhora da Misericórdia a atividade "Sardinhada de S. João" onde os utentes das várias respostas sociais da S.C.M.T.V., seus familiares e voluntários aproveitaram para conviver e aproveitar esta época festiva.


De manhã teve lugar a Eucaristia, seguindo -se o almoço convívio e no período da tarde decorreram vários ateliers, um momento de "Karaoke",  um jogo do Bingo e a atuação do acordeonista "Vasco Lopes"


Esta atividade contou com a presença de algumas crianças da Creche da S.C.M.T.V. e com a colaboração dos alunos de uma turma de Animação da E.S.C.O.

a1.jpg

a2.jpg

a3.jpg

 

Visita guiada à Real Fábrica do Gelo

No dia 24 de Junho 2015 (4ªfeira) alguns utentes da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras realizaram uma visita guiada à Real Fábrica do Gelo, na  Serra de Montejunto, local  que é um dos raros exemplares de seu género existentes na Europa e classificada como Monumento Nacional.


A edificação da fábrica de gelo abastecia Lisboa e é atribuída aos frades dominicanos. Anterior a 1741, o fabrico do gelo tinha início no final do mês de Outubro.


Calcula-se que esta actividade tenha terminado nos finais do século XIX.

a1.jpg

a2.jpg

a3.jpg

 

A Desnutrição no Idoso

O envelhecimento é um processo natural e dinâmico, acarreta alterações morfológicas, psicológicas, funcionais e bioquímicas que influenciam a alimentação e nutrição das pessoas, aumentando o risco de défices nutricionais. No processo de envelhecimento natural, ocorrem limitações com consequências na ingestão alimentar e estado nutricional do idoso, tais como:

  • Problemas de mastigação;
  • Problemas de deglutição;
  • Perda ou diminuição das capacidades sensoriais;
  • Patologias (anorexia, doenças oncológicas, infecções crónicas, hipertiroidismo, hipotiroidismo, etc);
  • Desidratação;
  • Alterações gastrointestinais;
  • Patologia mental e psiquiátrica;
  • Polimedicação (pode interferir na absorção de nutrientes).

Também outros factores contribuem para uma má alimentação e eventuais carências nutricionais, como causas sociais (solidão, viuvez) e económicas.

A malnutrição pode ser uma consequência de um excesso, défice ou desequilíbrio de nutrientes e energia que pode agravar o estado nutricional dos idosos. A desnutrição pode ocorrer devido a diminuição da ingestão alimentar, aumento das perdas nutricionais, alteração do metabolismo de nutrientes e aumento das necessidades nutricionais.

A prevenção e o tratamento da desnutrição no idoso são importantes objectivos da nutrição clínica, onde é essencial a realização de rastreios de desnutrição no idoso, que por vezes é confundida com o processo normal de envelhecimento em que há perda de massa muscular. Assim a identificação de problemas nutricionais permite a intervenção precoce e apropriada para a obtenção de um bom estado nutricional e a melhoria da saúde e qualidade de vida do idoso.

De forma a detectar precocemente possíveis casos de desnutrição, são aplicados rastreios aos utentes da instituição, para promover uma maior qualidade de vida a todos os níveis. O rastreio consiste na aplicação de um questionário de avaliação do estado nutricional, o Mini Nutritional Assessment (MNA®), que é um instrumento prático e não invasivo, que permite uma avaliação rápida do estado nutricional de idosos, onde podemos identificar idosos em risco de desnutrição ou já desnutridos.

De forma a prevenir a desnutrição, é também fundamental adaptar a ementa servida com as necessidades dos idosos, de forma a assegurar uma ingestão energética adequada para suprir as necessidades em micronutrientes como, vitaminas do complexo B, zinco, cálcio, vitamina D, ferro e ácido fólico, bem como a manutenção do peso corporal.

Cabe assim ao Dietista/Nutricionista de uma estrutura residencial de idosos fazer uma avaliação do estado nutricional dos utentes, determinar as suas necessidades nutricionais, fazer uma supervisão e aconselhamento, elaborar ementas e planos adequados à situação patológica do utente, bem como ouvir opiniões e preferências sobre alguns pratos servidos nas ementas de forma a fazer alterações de confecção ou adaptações de modo a que as refeições servidas sejam do agrado da maioria dos utentes, para que todos consigam obter o máximo das suas necessidades nutricionais e assim manter uma melhor qualidade de vida e fazer a sua supervisão e aconselhamento de modo a proporcionar.

a1.bmp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Elaborado por: Estagiário da Licenciatura em Dietética do IPL

Revisto por: Dietista Vânia Portela, SCMTV