Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

Incontinência Urinária nos Idosos

 

A incontinência urinária é um problema de saúde muito frequente. Em estudos recentes verificou-se que 64% das mulheres post menopausa, com mais de 50 anos, tinham tido sintomas de incontinência urinária no ano anterior e que 17% dos homens com mais de 60 anos apresentavam queixas.

 

A causa de incontinência é em geral multifactorial nas pessoas idosas e muitas vezes é necessária uma abordagem multidirecional.

 

A passagem correcta da urina, depende não só do correcto funcionamento da bexiga e do esfíncter, mas também de factores cognitivos, da mobilidade, da destreza e ambientais.

 

A demência é uma causa importante de incontinência, atinge cerca de 80% das pessoas dementes, institucionalizadas.

 

Chegar á casa de banho exige dispor de mobilidade adequada. Para desapertar os botões e tirar a roupa, torna-se complicado, uma vez que a idade avança, vai-se perdendo destreza manual.

 

Também pode ser necessário vencer alguns obstáculos, como escadas.

 

Com o avanço da idade são mais frequentes as micções nocturnas, o que obriga os idosos a levantarem-se 2/3 vezes por noite.

 

A incontinência provoca irritação de pele e agrava as escaras de decúbito acarretando também custos elevados pelo uso de fraldas e ou pensos, complicações de ordem psíquica e pode por si só constituir motivo para a institucionalização.

 

Escrito por: Dr.ª Conceição João