Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

Instituições sociais são "mão invisível da sociedade"

 

Pedro Mota Soares, o ministro da Solidariedade e da Segurança Social, elogiou hoje o papel das instituições sociais na resposta rápida e de proximidade às pessoas, considerando-as "uma mão invisível na nossa sociedade".

 

Pedro Mota Soares abriu hoje, em Santarém, a conferência "Crise: uma oportunidade", promovida pela Santa Casa da Misericórdia de Santarém, em parceria com o Montepio Geral, no âmbito do II Ciclo de Conferências em Economia Social.

 

Mota Soares sublinhou a "enorme capacidade de flexibilidade" das instituições sociais para "encontrarem respostas em específico", razão pela qual o atual Governo procurou definir "um novo paradigma de resposta social" ao optar pela contratualização e ao apostar na sustentabilidade financeira das instituições.

 

"Acima de tudo quisemos chamar estes parceiros, ombreá-los na resposta, e não tratá-los, como muitas vezes no passado aconteceu, como se o Estado tivesse uma espécie de tutela sobre as instituições sociais", afirmou.

 

O ministro referiu o facto de, pela primeira vez, ter sido celebrado um protocolo plurianual, que, "apesar das dificuldades", viu crescer a sua dotação financeira em 1,3 por cento, e de as instituições saberem, no início do ano, quais as transferências que vão receber do Estado.

 

Por outro lado, apontou a isenção do pagamento do IRC e a devolução de 50 por cento do IVA em obras realizadas pelas instituições sociais, ao contrário do que previa o memorando de entendimento assinado com a troica.

 

Fonte: Diário de Notícias

 

Procissão das Velas

No dia 14 de Maio (2ªfeira) pelas 20 horas teve lugar no Lar de Nossa Senhora da Misericórdia uma "Procissão das Velas" em honra a Nossa Senhora de Fátima, onde estiveram presentes os Utentes, alguns Familiares, Colaboradores e algumas pessoas da Comunidade.

 

Veja o video com as fotografias da procissão:


Prevenção e Promoção da Segurança nos Idosos... Em casa... Na via pública... No dia-a-dia

Realizou-se no passado dia 11 de Maio de 2012 um workshop intitulado  "Prevenção e Promoção da Segurança nos Idosos... Em casa... Na via pública... No dia-a-dia".

Uma vez que 2012 é o ano internacional do envelhecimento activo, o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia quis fazer-lhe jus com este evento, no qual participaram entidades como a GNR, os Bombeiros Voluntários de Torres Vedras  e a Médica de Clínica Geral do Lar.

A plateia assistiu com agrado e referiu que nunca é de mais voltar a ouvir os conselhos que numa situação real, poderão marcar toda a diferença.





Agradecimento da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras ao Teatro de Revista das Carreiras


A Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras e todos os elementos que dela fazem parte, vêm desta forma agradecer ao Teatro de Revista das Carreiras "Agora  é que são Elas" a oferta de bilhetes para o espectáculo em que a sua venda reverteu na totalidade para a Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras.

Seguindo-se algumas opiniões de utentes que assistiram ao espectáculo.

"Achei o espectáculo muito bom. Foi muito engraçado, por isso já o vi duas vezes e valeu sempre a pena." Benjamim Claro

"É um espectáculo formidável. Muito divertido e agradável. Adorei!" Àlvaro Pinto

"È um Teatro de Revista com muito boa qualidade, um bom guarda roupa e uma excelente representação." Lurdes Costa

Governo vai legislar para que as Instituições recebam verbas do IRS indicadas pelos contribuintes

 

O Governo vai propor uma alteração legislativa para que, a partir de 2013, as instituições de solidariedade passem a receber até ao final do mês de março as verbas doadas pelos portugueses na declaração do IRS. O anúncio foi feito pelo ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares, no encerramento do debate "Os desafios da Segurança Social e da Solidariedade Ativa face às novas Realidades Social e Económica", que decorreu na Assembleia da República. 

Nas palavras de Mota Soares, o objetivo é dar continuidade à lei de doações às instituições sociais - em sede de IRS [Imposto sobre Rendimentos Singulares] -, que passou a ter uma lista das instituições credenciadas para receber essa mesma doação. "Sentimos que é importante ir mais longe e é importante garantir que essa doação possa ser feita de forma ainda mais célere", justificou o ministro. 

Mota Soares apontou que atualmente a legislação não impõe um prazo limite para a entrega das verbas doadas e que, por isso, o Governo pretende agora impor "uma meta temporal claramente definida". "Por isso mesmo iremos avançar com uma alteração legislativa de forma a garantir que em 2013 seja estabelecido o prazo de 31 de março de cada ano para que estas transferências em sede de IRS sejam feitas", anunciou, defendendo que dessa maneira se retira obstáculos à solidariedade. 

Pedro Mota Soares disse ainda que o valor doado pelos portugueses no IRS referente a 2011 será entregue às instituições até ao final deste mês. Dados do Ministério das Finanças indicam que, em 2011, 199.803 contribuintes consignaram 0,5% do IRS a instituições, que totalizou 6,67 milhões de euros. Em 2010, 100.194 contribuintes doaram 3,52 milhöes de euros. 

 

Fonte: Solidadriedade.pt


Pág. 1/2