Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

O Blog da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

As últimas notícias sobre o Lar de Nossa Senhora da Misericórdia, Clínica Domus Misericordiae, ERPI, Creche, Jardim de Infância, CATL, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

Coro Sénior da Universidade da Terceira Idade

No dia 31 de Outubro de 2011 a convite dos utentes do Centro de Convívio da S.C.M.T.V. alguns utentes do Lar de Nossa Senhora da Misericórdia assistiram à actuação do Coro Sénior da Universidade da Terceira Idade, seguindo-se uma breve apresentação sobre a história do dia de Todos os Santos na Igreja da Misericórdia.

 

Para terminar a actividade, teve lugar no Centro de Convívio um lanche convivio entre todos os utentes e os elementos do grupo.





Deslocação à Creche da S.C.M.T.V. de um grupo de utentes do Lar de Nossa Senhora da Misericórdia

Na manhã do dia 28 de Outubro de 2011 um grupo de utentes do Lar de Nossa Senhora da Misericórdia deslocaram-se à Creche da S.C.M.T.V. onde ajudaram as crianças a amassar e preparar broas para o Dia de Todos os Santos, acabando por partilhar estórias sobre o Pão-Por-Deus.


No periodo da tarde as idosas regressaram para lanchar com as crianças, onde não faltou convívio e boa disposição.

 

 

 

 

 

 

Um pouco de História do Pão-Por-Deus:

 

Em Portugal, no dia de Todos-os-Santos, 1º de novembro as crianças saem à rua e juntam-se em pequenos bandos para pedir o pão-por-deus de porta em porta. As crianças quando pedem o pão-por-deus recitam versos e recebem como oferenda: pão, broas, bolos, romãs e frutos  secos, nozes, amêndoas, ou castanhas que colocam dentro dos seus sacos de pano, de retalhos ou de borlas. É também costume em algumas regiões os padrinhos oferecerem um bolo, o Santoro. Em algumas povoações chama-se a este dia o ‘Dia dos Bolinhos’. 

 

Com o passar do Tempo, o Pão-por-Deus sofreu algumas alterações, os meninos que batem de porta em porta podem receber dinheiro, rebuçados ou chocolates. Esta actividade é principalmente realizada nos arredores de Lisboa, relembrando o que aconteceu no dia 1 de Novembro de 1755, aquando do terramoto de Lisboa, em que as pessoas que viram todos os seus bens serem destruídos na catástrofe, tiveram que pedir "pão-por-deus" nas localidades que não tinham sofrido danos.

 

Fonte: Wikipedia